Padre Fellinto
A Igreja no Brasil
 
 
05.Mar - Ângelus: Não fazer da nossa alma um comércio, pede Papa
“‘Não faça um mercado da casa do meu Pai’ (v. 16). Essas palavras nos ajudam a rejeitar o perigo de fazer também a nossa alma, que é a morada de Deus, um lugar de comércio, que vive na busca contínua de retorno e não de um amor generoso e solidário”. A afirmação é do Papa Francisco no Ângelus deste domingo, 4, que tem como reflexão central o evangelho de João, no qual Jesus expulsa os vendedores do templo de Jerusalém (Jn 2: 13-25).

A ação de Jesus realizada próxima a Páscoa, suscitou, de acordo com o Pontífice, grande hostilidade das autoridades religiosas da época, que sentiram seus interesses econômicos ameaçados. Segundo Francisco, a atitude e a autoridade do filho de Deus foram questionadas pelos judeus, e justificadas pelos discípulos de Jesus por meio do Salmo 69: “O zelo pela sua casa me devorará” (v. 17).


O salmo é, para o Santo Padre, uma invocação de ajuda diante da situação de perigo extremo e ódio enfrentados por Jesus. O zelo pelas coisas de Deus foi apontado pelo Papa como o motivo pelo qual Jesus foi crucificado. “De fato, o ‘sinal’ que Jesus dará como prova de sua autoridade será precisamente sua morte e ressurreição: ‘Destrua este templo — diz ele — e em três dias eu o elevarei’ (v. 19). E o evangelista observa: ‘Ele falou do templo de seu corpo”’(v. 21). Com a Páscoa de Jesus começa o novo culto, no novo templo, o culto do amor e o novo templo é Ele mesmo’, frisou.


Francisco encorajou os fiéis a viverem o evangelho e as palavras de Jesus – “Não faça da casa do meu Pai um mercado” —. A importância da Igreja e dos cristãos rejeitarem qualquer ato que torne os templos, um mercado, e a alma um mercado de retorno, também foi suscitada pelo Pontífice. “[Jesus] nos encoraja a viver nossas vidas não na busca de nossas vantagens e interesses, mas para a glória de Deus, que é amor ”.


“Este ensinamento de Jesus é sempre atual, não só para as comunidades eclesiais, mas também para os indivíduos, para as comunidades civis e para toda a sociedade. Na verdade, é comum as pessoas tentarem tirar proveito de atividades boas, às vezes necessárias, para cultivar interesses privados, mesmo que ilícitos. É um perigo sério, especialmente quando explora o próprio Deus”, afirmou o Papa.


O Santo Padre encerrou a reflexão dominical rogando à Virgem Maria, para que auxilie os cristãos no reconhecimento de Deus como o único Senhor da vida. Após o Ângelus, Francisco saudou todos os presentes na Praça São Pedro.


Fonte: Canção Nova, com Boletim da Santa Sé

Indique a um amigo
 
 
 

Copyright ©
Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/fellinto/public_html/index.php on line 204
2019 Padre Fellinto. Todos os direitos reservados.