Padre Fellinto
A Igreja no Brasil
 
 
25.Abr - Arquidiocese alerta sobre anúncio de celebrante de casamento: 'Não tem efeito sacramental'

Nas redes sociais e sites especializados em casamentos, têm se tornado cada vez mais comuns anúncios de “celebrantes”, muitos dos quais aparecem até mesmo com vestes semelhantes aos paramentos da Igreja católica; mas conforme alertou a Arquidiocese de Belo Horizonte (MG), as celebrações presididas por estas pessoas “não tem efeito sacramental ou canônico”.


A Cúria Metropolitana de Belo Horizonte publicou nesta terça-feira uma nota de esclarecimento sobre pessoas que se apresentam como “celebrantes de casamento”, chamando a atenção especialmente para três homens sobre os quais receberam informações de que estão se oferecendo para “a realização e assistência a casamentos com ou sem conotação religiosa, para diversas confissões e credos”.


Trata-se de Danilo de Souza, Toni Carlos Reis e Vinícius Afonso de Oliveira. Segundo a nota, algumas pessoas procuraram a Cúria para saber se estes homens “estão habilitados para realização e assistência a casamentos pela Igreja Católica”.


Neste sentido, informa “que esses senhores não podem celebrar o Sacramento do Matrimônio no contexto da Igreja Católica Apostólica Romana. Por isso, esclarecemos que as celebrações realizadas pelos Senhores Danilo de Souza, Toni Carlos e Vinícius Afonso não são reconhecidas pela Igreja”.


A Arquidiocese de Belo Horizonte adverte ainda que, “com certa frequência, essas pessoas utilizam símbolos, sinais, vestes e nomenclaturas que se assemelham aos da Igreja Católica”.







Os serviços oferecidos são descritos como casamento religioso a ser realizado em igreja, sítios, salões de festas ou outros locais e as taxas cobradas variam em torno de R$ 800 a R$ 2000.


Conforme reforça a nota da Arquidiocese de Belo Horizonte esta forma como se apresentam “contribui para gerar confusão”.


“Assim, alertamos que a celebração de sacramentos e outros atos religiosos praticados por pessoas que não estejam em comunhão com a Igreja não tem efeito sacramental ou canônico. Desta forma, não são, sob nenhuma condição, reconhecidos pela Arquidiocese de Belo Horizonte”, completa.


Por fim, a nota assinala ainda que “os padres e diáconos da Igreja Católica não se oferecem para celebrar sacramentos via anúncios” e que “a Arquidiocese de Belo Horizonte tem um catálogo digital com a lista de seus padres e diáconos. Por isso, recomendamos sempre a consulta ao nosso catálogo de padres, diáconos e paróquias”.


O que diz a Igreja


O Código de Direito Canônico, em seu cânon 1108, afirma que “somente são válidos os matrimônios contraídos perante o Ordinário do lugar ou o pároco, ou o sacerdote ou o diácono delegado por um deles, e ainda perante duas testemunhas”.


Além disso, especifica no parágrafo 2 do mesmo cânon, “entende-se por assistente ao matrimônio apenas aquele que, estando presente, solicita a manifestação do consentimento dos contraentes, e a recebe em nome da Igreja”.


No matrimônio, chama-se de assistente ao sacerdote ou diácono pois, como explica o parágrafo 1623 do Catecismo da Igreja Católica, “são os esposos quem, como ministros da graça de Cristo, mutuamente se conferem o sacramento do Matrimônio, ao exprimirem, perante a Igreja, o seu consentimento”.


Fonte: ACI Digital

Indique a um amigo
 
 
 

Copyright ©
Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/fellinto/public_html/index.php on line 204
2019 Padre Fellinto. Todos os direitos reservados.