Padre Fellinto
A Igreja no Brasil
 
 
26.Mar - No Domingo de Ramos, Papa adverte sobre contradições na fé

Papa Francisco celebrou na manhã deste domingo, 25, a Santa Missa do Domingo de Ramos e a 33 º Jornada Mundial da Juventude, a nível diocesano. Na liturgia que cruza histórias de alegria e sofrimento de Jesus – aclamado pelo povo como rei, e mais tarde crucificado pelo mesmo povo —, a Igreja leva o cristão a refletir, segundo o Pontífice, sobre sentimentos e contradições ainda presentes em homens e mulheres da atualidade. “Capazes de amar muito… mas também de odiar (e muito!)”, observou o Santo Padre.


A alegria e a festa do povo que aclamou Jesus Cristo como o Senhor é esmorecida, de acordo com Francisco, pelos irritados e amargurados, que se consideravam justos e fiéis à lei e aos preceitos rituais. “Uma alegria intolerável para quantos perderam a memória e se esqueceram das inúmeras oportunidades por eles usufruídas. Como é difícil, para quem procura justificar-se e salvar-se a si mesmo, compreender a alegria e a festa da misericórdia de Deus! Como é difícil, para quantos confiam apenas nas suas próprias forças e se sentem superiores aos outros, poder compartilhar esta alegria!”, trecho da exortação Evangelii gaudium, de autoria do Papa, citada por ele durante a homilia.


O grito “Crucifica-o” é atribuído pelo Santo Padre a todos os homens e mulheres que, para defenderem sua posição, desacreditam especialmente quem não pode se defender. Grito produzido por intrigas da autossuficiência, do orgulho e da soberba. Deste modo, o Pontífice afirma silenciar-se a festa, a esperança, os sonhos, a alegria, o coração e a caridade do povo. 


“É o grito “Salva-te a ti mesmo” que pretende adormecer a solidariedade, apagar os ideais, tornar insensível o olhar”. Diante dos vários gritos e vozes da Paixão do Senhor, Francisco recomenda como antídoto aos cristãos, o ato de olhar a cruz de Cristo e deixar-se interpelar pelo seu último grito. “Cristo morreu, gritando o seu amor por cada um de nós: por jovens e idosos, santos e pecadores, amor pelos do seu tempo e pelos do nosso tempo. Na sua cruz, fomos salvos para que ninguém apague a alegria do Evangelho; para que ninguém, na própria situação em que se encontra, permaneça longe do olhar misericordioso do Pai”, suscitou.


Olhar a cruz de Cristo é vista pelo Santo Padre como uma oportunidade do ser humano questionar prioridades, escolhas e ações, e repensar sua sensibilidade face a quem passa ou vive momentos de dificuldade. “Jesus continua a ser motivo de alegria e louvor no nosso coração ou envergonhamo-nos das suas prioridades para com os pecadores, os últimos, os abandonados?”, questionou.


Aos Jovens


“Um jovem alegre é difícil de manipular”. A frase de Francisco faz menção a um dos motivos de irritação daqueles que se incomodaram com a alegria suscitada por Jesus ao entrar em Jerusalém. De acordo com o Papa, muitos quiserem calar a juventude, inclusive os fariseus, mas foram repreendidos por Jesus: “Alguns fariseus disseram-Lhe, do meio da multidão: ‘Mestre, repreende os teus discípulos’. Jesus retorquiu: ‘Digo-vos que, se eles se calarem, gritarão as pedras’ (Lc 19, 39-40).


Segundo o Pontífice, há muitas maneiras de tornar os jovens silenciosos e invisíveis, maneiras de os anestesiar e adormecer para que não façam barulho, para que não se interroguem e os seus sonhos percam altura tornando-se fantasias. No Dia Mundial da Juventude, Francisco pediu aos jovens que ouçam a resposta de Jesus aos fariseus e que decidam por não se calar. “Se os outros calam, se nós, idosos e responsáveis (tantas vezes corruptos), silenciamos, se o mundo se cala e perde a alegria, pergunto-vos: vós gritareis? Por favor, decidi-vos antes que gritem as pedras…”, concluiu.


Fonte: Canção Nova

Indique a um amigo
 
 
 

Copyright ©
Warning: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone. in /home/fellinto/public_html/index.php on line 204
2019 Padre Fellinto. Todos os direitos reservados.